Transmissão online em Porto Alegre

COMO FAZER STREAMING DE UM EVENTO?

A internet é sem dúvida um ótimo canal para distribuição de conteúdo em video. Mas muitas dúvidas surgem ao usuário leigo sobre a transmissão ao vivo de vídeos para internet utilizando a tecnologia de streaming. Cada vez é mais comum vermos eventos, congressos, cursos, seminários, formaturas e até mesmo reuniões empresariais vem sendo disponibilizadas ao público final sem que ele precise sair de casa, ou até fora de casa utilizando um simples smartphone. Neste pequeno artigo, vamos falar um pouco da estrutura básica de um evento e produção focando no audiovisual e em necessidades para transmissão de vídeos.

SETORES

Em um evento, existem quatro setores audiovisuais básicos e independentes, que juntos são garantem a qualidade e profissionalismo do evento e dos conteúdos audiovisuais. Estes setores podem ser fornecidos por uma única empresa ou cada um por uma produtora distinta. A identificação destes setores e o relacionamento com os seus responsáveis irá facilitar a comunicação e claro, a resoluções de problemas.

SONORIZAÇÃO

Este setor é responsável pelos equipamentos de áudio e a qualidade do som em um evento. Eles fornecem caixas, amplificadores, microfones e também são os responsáveis pela reprodução de trilhas sonoras e efeitos de som. Como trabalham com foco específico na captação, reprodução e qualidade sonora, eles “entregam” o sinal de áudio para a equipe de vídeo, para que possa ser gravado e transmitindo o evento com plena qualidade.

ILUMINAÇÃO

A Muitas vezes é a mesma empresa que fornece a projeção. Eles entregam toda a base de equipamentos de luz, suportes e controle. A qualidade deste setor também se reflete diretamente no vídeo. Quando mais competente e bem planejado a iluminação de um evento, melhor será a qualidade de captação de imagens. Então se o seu evento vai ter gravação e/ou streaming de vídeo, é um setor que merece uma boa atenção.

PROJEÇÃO

Instalam e alinham projetores, telas e televisores. Também são responsáveis por todo o cabeamento necessário para a padronização de sinais e distribuição no evento. Ao contrário da Sonorização, a equipe de produção de vídeo que entrega o sinal para o setor de projeção, que o padroniza em formatos de imagem conforme as telas disponíveis.

VIDEO

É sobre este setor é o que falaremos mais. O setor de produção audiovisual é responsável pelo fornecimento e operação de toda a parte técnica e artística relacionada a captação, gravação e transmissão online ou não. Vamos explorar um pouco mais a fundo este setor.

O QUE PRECISO SABER DE PRODUÇÃO DE VIDEO PARA EVENTOS

Neste infográfico, demonstramos um básico workflow do sistema. Para tanto, cada parte necessita de acessórios, conversores e itens que variam de acordo com cada estrutura e equipamentos utilizados.

Streaming de video Online

CÂMERAS

São claro, responsáveis pela captação de imagem e a qualidade do vídeo esta diretamente relacionada a elas. Quanto mais modernas e sofisticadas, menor a quantidade de iluminação será necessária e maior será a resolução que conseguem captar as imagens. Um evento pode ser transmitido/captado com apenas uma câmera, mas quanto mais câmeras seu evento tiver mais dinâmico e atrativo será a produção de vídeo. Imagine um Telejornal. Pode ser facilmente produzido com apenas uma câmera, mas várias o torna muito mais atrativo aos telespectador.

MESA DE CORTE

A mesa de corte e seu operador são os responsáveis por administrar e gerenciar todos os sinais de áudio e vídeo que chegam até ele, por isto chamamos ele de Diretor de Imagens. A mesa de corte recebe o sinal de todas as câmeras mais o áudio do setor de sonorização, enquanto o diretor de imagem vai editando o evento em tempo real. É ele também que coloca grafismos, artes, grava o evento, transmite para a internet e entrega o sinal para a Projeção. É importante que esta central esteja próxima dos outros setores, assim como um sistema eficiente de comunicação com os cinegrafistas e equipe.

TRANSMISSOR

Os sinais de áudio e vídeo chegam até a mesa de corte onde são editados e gravados. Aí o evento é direcionado para um transmissor que “empurra o sinal para a internet”. Normalmente é o próprio Diretor de Imagens que configura o sistema, mas se o local do evento não tiver internet disponível, é necessário um outro operador e um equipamento chamado Bond para fazer a transmissão. Este streaming pode ser direcionado ao Facebook, Youtube, ou outros servidores proprietários para que seja exibido em canais ou sites fechados. Dependendo do serviço, pode até ser cobrado ingressos para assistir ao conteúdo.

INTERNET

Para um bom Streaming, seja pelo Facebook, Youtube ou qualquer outro servidor, uma internet de qualidade é necessária, e como avaliar? É recomendado que tenha ao menos uma taxa de 2Mb/s de upload full. Geralmente a internet que temos em casa só nos entregam 10% da velocidade contratada, portanto uma internet com taxa de 5mb/s de upload só vai entregar 500Kb/s. O que é uma velocidade muito baixa. Você tem que sempre estar atento a estas taxas, questionando o provedor se a taxa é full ou se é 10x maior que o mínimo necessário (No caso de 2mb/s, seria necessário 20mb/s).

Para locais que não tem internet, é utilizado um equipamento com tecnologia Bond. Ele é equipado com seis ou mais chips 4G e divide o sinal e taxa em cada chip. O sinal chega particionado ao um servidor dedicado que “junta” novamente e transforma em um vídeo com perfeita qualidade. Com este equipamento, onde tiver sinal de celular, você estará apto a transmitir.

A eFrame tem a disposição todos estes equipamentos modernos e com profissionais muito qualificados com um grande diferencial: um olhar artístico e atento aos detalhes. Experiência de produção para diversos segmentos como televisão, cinema e publicidade. Venha tomar um café conosco e juntos vamos produzir um lindo espetáculo.

Diretor de Planejamento e Marketing
Autor

Voltaire Barbieri

2018-11-01T22:42:18-03:00